.com, .com.br, .net…? Saiba qual é a melhor opção de domínio para sua empresa

.com, .com.br, .net…? Saiba qual é a melhor opção de domínio para sua empresa

13 Flares 13 Flares ×

O Brasil tem, hoje em dia, cerca de 3,4 milhões de sites — incluindo, obviamente, este que vos escreve! Nesse mar de domínios, uma infinidade de registros perdidos na internet lutam no universo virtual em busca de um pouco de destaque. Mas para os que estão em fase de organização de uma empresa e precisam inseri-la na web, qual seria a melhor categoria de domínio .br a ser escolhida? Pois é o que você vai descobrir neste artigo! Então confira agora mesmo algumas dicas matadoras sobre como escolher melhor o nome e a extensão para sua organização e, assim, aumentar seu potencial de captação de clientes! Vamos lá?

Empresas especializadas

Ao registrar seu domínio, é possível escolher entre uma infinidade de extensões Top Level Domains (TLDs), ou seja, aquelas terminações encontradas à direita do ponto no endereço web. Como os processos de escolha e de desenvolvimento de estratégias de branding — disseminação da marca — por meio do domínio não são nada simples, muitas pequenas e médias empresas têm alcançado ótimos resultados por meio da contratação de especialistas em hospedagem de sites, servidores dedicados e outras facilidades. E é nessa fase que você já pode chegar com o conhecimento sobre as extensões mais usadas no país pelas empresas e pelos profissionais liberais.

Extensões mais populares

A extensão .com definitivamente é a mais popular, usada para fins comerciais. Entretanto, como a maioria dos registros a adota, existem poucas possibilidades de nomes ainda disponíveis. Vale lembrar, nesse caso, que as extensões .com.br e .com são registradas por fontes diferentes. Embora não haja diferença para o cliente que acessa seus dados, o ideal é que haja o registro da marca em ambos os domínios, a fim de não correr o risco de ter seus clientes confundidos por alguma artimanha proposital da concorrência.

Já a extensão .net é ligada a empresas relacionadas à área digital. Todavia, como não houve uma regulamentação nacional efetiva vinculando essa extensão aos serviços de internet, a terminação vem sendo usada indiscriminadamente, como mais uma mera alternativa ao tradicional .com.

O famoso .org é necessariamente vinculado a organizações sem fins lucrativos. Pode-se falar, aqui, de ONGs, instituições culturais, associações esportivas, organizações religiosas, softwares de código aberto e assim por diante. Em 2010, havia cerca de 8 milhões de sites registrados com esse domínio, o 3º na preferência dos brasileiros.

Na teoria, a terminação .info é ligada a sites que buscam oferecer informações sobre si mesmos ou sobre produtos e serviços. Na prática, porém, acabou se transformando em mais uma extensão genérica.

Criado em 2001, juntamente com outros vários domínios, o .biz pretende aliviar a sobrecarga de demanda pelo concorridíssimo .com. Configura-se, assim, como mais uma alternativa de opção comercial.

Que tal então conferir alguns outros exemplos para as mais diversas áreas? Fique de olho:

Domínios para pessoas jurídicas

  • .agr.br: negócios agrícolas e fazendas;
  • .art.br: artes, como música, pintura e folclore;
  • .edu.br: instituições de ensino superior;
  • .coop.br: cooperativas;
  • .esp.br: esportes;
  • .far.br: farmácias e drogarias;
  • .g12.br: entidades de ensino de primeiro e segundo graus;
  • .gov.br: entidades do governo federal;
  • .imb.br: imobiliárias;
  • .ind.br: industrias;
  • .tmp.br: eventos temporários, como feiras e exposições;
  • .tur.br: companhias da área de turismo;
  • .tv.br: empresas de radiodifusão de sons e imagens.

Domínios para profissionais liberais

  • .adm.br: administradores;
  • .adv.br: advogados;
  • .arq.br: arquitetos;
  • .ato.br: atores;
  • .bio.br: biólogos;
  • .cim.br: corretores;
  • .cng.br: cenógrafos;
  • .cnt.br: contadores;
  • .ecn.br: economistas;
  • .eng.br: engenheiros;
  • .eti.br: especialista em TI;
  • .fnd.br: fonoaudiólogos;
  • .fot.br: fotógrafos;
  • .jor.br: jornalistas;
  • .mat.br: matemáticos e estatísticos;
  • .med.br: médicos;
  • .mus.br: músicos;
  • .not.br: notários;
  • .odo.br: dentistas;
  • .ppg.br: publicitários e profissionais da área de propaganda e marketing;
  • .pro.br: professores;
  • .psc.br: psicólogos;
  • .trd.br: tradutores;
  • .vet.br: veterinários.

Dicas com relação à escolha

Para os empreendedores que desejam trabalhar sua marca na web, o recomendável é escolher nomes curtos, fáceis de digitar, memorizáveis e sem hifens ou números. Outra vantagem de escolher nomes direitos e curtos é a facilidade em desenvolver um bom trabalho de link building direcionado à marca. E não se esqueça de pesquisar em http://hostbits.com.br/registro-de-dominios/ se o domínio desejado já não foi registrado por outra pessoa, ok?

Então agora comente aqui e nos conte se ainda ficou alguma dúvida sobre qual domínio deve escolher! Compartilhe seus questionamentos conosco e participe da conversa!

13 Flares Twitter 1 Facebook 12 Google+ 0 13 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + sete =