Hospedagem Linux ou Windows: Afinal, qual a melhor opção?

Hospedagem Linux ou Windows: Afinal, qual a melhor opção?

0 Flares 0 Flares ×

Hospedar um site não é a dor de cabeça que aparenta ser e estamos aqui para esclarecer algumas dúvidas. Decidir entre hospedagem Linux ou Windows é comum e, por isso, existem alguns fatores importantes a se considerar.

A escolha do sistema operacional (SO) deve ser pensada, por exemplo, em sua utilidade na utilização/ desenvolvimento do seu projeto e não pelo fato de você está já familiarizado com o SO. Mesmo que seus desenvolvedores tenham mais experiência em um, o outro pode ser melhor para performance e segurança. Vamos lá!

Qual linguagem devo usar?

Depois de ter seu domínio registrado, deve-se escolher o SO baseado no tipo de linguagem de programação que será usada na criação da sua página web, assim como o banco de dados. As linguagens HTML, CSS e JavaScript são lidas por navegadores, então, caso decida usar um construtor de sites, qualquer plataforma servirá.

Já PHP, Python, Ruby, CGI, C e C++ são códigos de programação Linux e são comumente acompanhados por banco de dados MySQL ou PostgreSQL. O PHP, embora seja aceito e funcione em ambas, possui um desempenho melhorado nesse SO, por ser a linguagem nativa contida em seus servidores.

Do lado da Microsoft, encontram-se os bancos de dados em SQL Server e Access, junto com as linguagens ASP e ASP.NET, as quais são exclusivas da empresa. Todo esse conteúdo é fechado, sendo necessária a aquisição de uma licença paga e acesso limitado ao pacote escolhido.

Contratei o serviço errado, e agora?

Depois de criar contas de e-mails com seu novo domínio, publicar sua página e ler nosso artigo, você reparou que era melhor o outro sistema? É importante que sempre se compre esse tipo de serviço com planejamento e profissionais da área para não se deparar com problemas como esse.

Por isso, faça sempre backups. Salve todos os e-mails e arquivos de seu site e banco de dados, cancele seu plano e contrate-o conosco na plataforma correta — dois serviços ou planos de hospedagem para o mesmo domínio não podem coexistir.

Ao procurar pelo serviço, ainda que em primeiro contato, verifique nossos valores oferecidos e o custo-benefício, a qualidade do suporte, o mercado e, principalmente nossa qualificação.

É importante salientar que o sistema operacional escolhido não será influenciado pelo que se utiliza em uma ou outra máquina, sejam elas pessoais ou empresariais. A escolha é para a segurança e desenvolvimento de seu site, e o acesso se encontra na Central do Cliente.

Hospedagem Linux ou Windows?

Em questão de velocidade, mesmo considerando cargas normais, a plataforma Linux se sobressai. Além disso, variando para processamentos pesados e simultâneos, o mesmo sistema continua à frente por sua customização: caso a plataforma não atenda alguns requisitos, está aberta a ser alterada para cumprir a demanda.

Essa permissão afeta o lado financeiro, retirando a obrigação de compra de licenças de software, em sua maioria obrigatórias em Windows. É comum o pagamento de programas para adaptações e da licença do próprio sistema operacional.

Se sua página for desenvolvida por um construtor de sites, onde alguns podem nem mesmo saber a linguagem utilizada, o Windows é a opção mais comum. Por segurança e melhor acesso, a HostBits opta por disponibilizar o construtor em Linux.

Em casos de desenvolvimento por meio de um CMS como Joomla ou WordPress, o pinguim também será seu aliado mais forte.

Levando em consideração a quantidade de linguagens a serem utilizadas, customização ilimitada e a precificação, o troféu de hospedagem Linux ou Windows vai para o pinguim, justamente o SO escolhido pela HostBits. Aprenda mais 4 vantagens de escolher uma hospedagem Linux e saiba como ela pode entregar, também, flexibilidade e segurança ao seu site.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − quatro =